Orkut

De Sayba

Sobre[editar]

Orkut foi uma rede social projetada por Orkut Büyükkökten, e de propriedade da Google. Nela, era possível criar perfis pessoais, afim de receber mensagens (ou “scraps”), depoimentos, e participar de comunidades. As comunidades podiam ser criadas por usuários e mantinham um fórum dentro de cada, em que membros poderiam criar e responder tópicos.

A rede social foi inesperadamente popular no Brasil, tendo mais de 30 milhões de usuários.

Memes relacionados[editar]

Não aceita esse depoimento[editar]

Não aceita esse depoimento, ou simplesmente Não aceita, é uma referência à tentativa de enviar mensagens privada dentro do Orkut que acabavam ficando públicas.

Como não existia uma caixa de mensagens, a única maneira de se comunicar privadamente na rede social era enviando um “depoimento” pois era possível lê-lo sem aparecer no perfil e se for desejado aceitá-lo para que ele se tornasse público no perfil do destinatário. Geralmente, os depoimentos em que o remetente não deseja que sejam públicos iniciavam com “Não aceita”, e foi frequentemente utilizado como modo de conseguir conversas privadas.
Porém, muitas pessoas aceitavam o depoimento sem ler o conteúdo previamente, fazendo com que inúmeras mensagens com relatos embaraçosos ficassem públicas para todos e logo se viralizavam na internet.

Exame deu positivo e você é o pai.jpg

Término[editar]

Mesmo após a ascensão do Facebook, o Orkut se manteve no Brasil durante um bom tempo como a principal rede social do país. Isso se deu à quantidade gigantesca de brasileiros na rede social, que chegou até 50,6% de todos os usuários cadastrados no site.[1]

Em 2011, o crescimento do Facebook começou à iniciar a queda do Orkut no Brasil e em 2012 conseguiu ultrapassá-lo. Eventualmente, foi dada aos usuários a opção de baixar as informações existentes através do serviço Google Takeout, sendo finalmente extinta em 30 de setembro de 2014. Os arquivos foram apagados em 15 de maio de 2017.[2]

Galeria

Exame deu positivo e você é o pai.jpg Que Deus te elimine.jpg Ueca tudi diango.jpg

Ver mais na galeria.


Referências externas[editar]